❰ Back to Blog

COMO SOFTWARES DE RESTAURAÇÃO DO SISTEMA FUNCIONAM?

Os computadores tornaram-se uma parte integrante de nossas vidas pessoais e profissionais. Desde os locais de trabalho até as casas, o envolvimento de um computador pessoal é ilimitado, abrange entretenimento, educação ou profissão. Contudo, um sistema tende a diversos defeitos e falhas. Um usuário de computador típico encontra vários casos de erros, que prejudicam o funcionamento otimizado do sistema. Um exemplo comum é uma ameaça de vírus, que deixa o sistema mais lento e/ou faz com que softwares funcionem de forma inesperada.

Os métodos mais comuns para abordar qualquer tipo de obstáculo de sistema são executar a função de redefinição de fábrica, ou formatar a partição e reinstalar o sistema operacional. Contudo, essas duas opções são demoradas e complexas. Além disso, você precisa ter cautela extrema com o armazenamento de seus arquivos, antes de executar um método de redefinição. É recomendado criar uma partição separada na unidade de sistema para o sistema operacional. Essa partição específica será inteiramente formatada ao reinstalar o sistema operacional. Como resultado, todos os arquivos que estão armazenados nela serão perdidos de forma permanente.

A restauração do sistema é uma opção viável para eliminar erros que não serão resolvidos com um processo simples de solução de problemas. Formatar o computador deve ser sempre o último recurso. A restauração do sistema leva as configurações do computador de volta à fase regular. O processo em geral envolve poucos cliques. Não apenas economiza tempo, mas também motiva você a arquivar os dados necessários e as informações críticas.

O QUE É O RECURSO DE RESTAURAÇÃO DO SISTEMA NO WINDOWS?

Como o termo indica claramente, a restauração do sistema é um mecanismo para retornar o computador a uma configuração anterior, quando não estava afetado por malwares externos ou falhas internas. Quase todos os principais Sistemas Operacionais (SO) oferecem o recurso de restauração do sistema, com nomes diferentes. O Windows disponibiliza o recurso “Restauração de Sistema do Windows” e os usuários da Apple têm um recurso similar, denominado Mac Time Machine. Contudo, devido à frequência com que problemas relacionados a computadores ocorrem e os efeitos disruptivos que têm, empresas como a Faronics fornecem tecnologias que tornam a restauração do sistema muito mais simples para os usuários.

RESTAURAÇÃO DE SISTEMA DO FARONICS DEEP FREEZE

O Faronics Deep Freeze funciona em nível do kernel e tem um recurso Reinicializar para Restaurar. Quando o Deep Freeze é implementado em um sistema, captura e garante a configuração original do sistema. Os novos dados informados no dispositivo são redirecionados para outra partição. Cada vez que o dispositivo é reiniciado, os dados redirecionados são ignorados e a configuração original é referenciada. O sistema é restaurado ao estado original cada vez que você reinicializa o sistema operacional. Portanto, mesmo que ocorra um erro de sistema, basta reinicializar o dispositivo para eliminar todos os problemas.

O recurso de restauração do Faronics Deep Freeze oferece algumas vantagens diferenciadas em relação ao recurso de restauração do Windows e do Mac.

Quando o mecanismo de restauração do Windows é habilitado, o computador começa a capturar instantâneos da configuração em momentos críticos. Portanto, em caso de falha, você pode reverter o sistema para um instantâneo que foi salvo anteriormente. Contudo, se qualquer processo no ciclo permanecer incompleto, o computador poderá não funcionar conforme desejado, mesmo após a restauração. Mas a restauração do sistema realizada com o Deep Freeze garante recuperação total do computador, mesmo em ambientes com vários usuários.

A função de restauração do Mac também funciona de forma semelhante – capturando instantâneos de arquivos críticos, configurações e aplicativos. Esses instantâneos são armazenados separadamente na mesma unidade de disco ou em uma unidade externa. É claro que esta técnica requer armazenamento considerável e, inclusive, para de criar pontos de restauração se não houver espaço suficiente disponível. Como resultado, restaurar para a configuração saudável mais recente pode não ser possível. A restauração de sistema do Deep Freeze (por ser um recurso em nível do kernel) salva a configuração ideal dentro do sistema, garantindo um rollback eficaz e completo em todas as reinicializações. Essa tecnologia de restauração de sistemas alternativa também elimina a necessidade de espaço adicional para armazenamento para rollback bem-sucedido.

COMO ATUALIZAR PONTOS DE RESTAURAÇÃO COM O DEEP FREEZE?

Vamos supor que você instalou um software novo ou alterou configurações, e pretende preservar o sistema após essas alterações. Neste caso, você pode desativar temporariamente o Deep Freeze e reativá-lo depois que as alterações tiverem sido salvas. Na reativação, o Deep Freeze cria um ponto de rollback com as modificações intactas.
Após o congelamento do sistema, sempre que você reinicializar o dispositivo, ele reverte ao último estado congelado.

A facilidade de uso oferecida pela restauração de sistemas do Deep Freeze torna-o mais vantajoso para os usuários do que o recurso de restauração padrão oferecido por qualquer SO comum.

Matt Williams

A self-proclaimed ‘tech geek’, Matt has worked in technology for a decade and divides his time between blogging and working in IT. A huge New York Giants fan, expert on Reboot Restore Technology when not watching football Matt gets his game on playing Call of Duty with his friends and other tech bloggers.